sexta-feira, 26 de outubro de 2018

GUERRA DE TRINCHEIRAS

Observando o comportamento e reações dos partidários desse ou daquele candidato a presidente nas redes sociais e, mais especificamente no Facebook, tive a nítida sensação de tratar-se de um confronto de torcidas organizadas ou mesmo de uma guerra de trincheiras, daquelas que foram travadas na guerra de 1914-1918. Pelo que sei, os soldados ficavam enfurnados naquelas valas por longo período, trocando tiros com o inimigo, sem que isso resultasse em grande coisa. Sofria-se muito, mas ninguém mudava de lado, ninguém se rendia.

Guardadas as devidas proporções, quase a mesma coisa acontece hoje entre bolsonaristas e petistas. Trocam-se insultos, acusações, fake news, textos em mau português, intolerância, medo e ódio, mas nada disso convence alguém a mudar seu voto. E fica aquela aporrinhação mútua o tempo todo. Nos últimos tempos tem mais fake news compartilhada circulando na internet que correntes de orações ou imagens de bichinhos fofinhos. É mole?


Nenhum comentário:

Postar um comentário